Senhor das Sombras, Cassandra Clare


"A ensolarada Los Angeles pode ser um lugar sombrio na continuação de Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare. Emma Carstairs finalmente conseguiu vingar a morte dos pais e pensou que com isso estaria em paz. Mas se tem uma coisa que ela não encontrou foi tranquilidade. Dividida entre o amor que sente pelo seu parabatai Julian e a vontade de protegê-lo das graves consequências que um relacionamento entre os dois pode trazer, ela começa a namorar Mark Blackthorn, irmão de Julian. Mark, por sua vez, passou os últimos cinco anos preso no Reino das Fadas e não sabe se um dia voltará a ser o Caçador de Sombras que já foi. Como se não bastasse, as cortes das fadas estão em polvorosa. O Rei Unseelie está farto da Paz Fria e decidido a não mais ceder às exigências dos Nephlim. Presos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar um modo de proteger tudo aquilo que mais amam — juntos e antes que seja tarde."


   Senhor das Sombras é o segundo livro da trilogia Os artifícios das trevas, publicada aqui no Brasil pela Galera Record e escrita pela (maravilhosa, perfeita, aclamada) Cassandra Clare e pode ser que você encontre alguns spoilers do primeiro livro nesta resenha. Também já resenhei o primeiro livro da trilogia e você pode conferir clicando aqui


   O começo dos livros da Cassandra são sempre arrastados pra mim, ainda que eu já conheça o universo dos caçadores de sombras e com este livro não foi diferente: a leitura só foi começar a fluir depois da página 100. O começo foi bem parado, até que ela pudesse introduzir os desafios que os personagens iriam enfrentar. Eu confesso que gostaria muito que a Cassandra criasse um outro universo, com seres diferentes e inovadores, porque está ficando cansativo tantos livros sobre caçadores de sombras, mas ainda sim não consigo deixar de ler tudo o que ela escreve. 


   Emma e Julian precisam encontrar o Volume Negro dos Mortos se quiserem evitar uma guerra só que, não é tão simples assim. Existem um milhão de coisas que podem dar errado, afinal, eles não sabem por onde começar a procurar, o quê exatamente existe no tal livro e o que pode acontecer se forem pegos pela Clave, que aliás, está cada dia mais ameaçadora. 

  Emma havia começado uma espécie de relacionamento com Mark, irmão de Julian, no primeiro livro, passando a mentir pra todos e, principalmente, para si mesma. Mas foi a forma que ela encontrou de evitar que a maldição dos parabatai caia sobre ela e Julian, afetando todas as pessoas que eles amam no processo. Mas no meio dessa busca e dos perigos que enfrentam, eles descobrem muito sobre eles mesmos e o que sentem um pelo outro e precisam lidar com as consequências de suas mentiras e do amor proibido.


   Apesar do início lento, eu amei o livro do começo ao fim. Senti que os personagens amadureceram muito e achei incrível a quantidade de representatividade que a autora inseriu no universo, de forma sútil e convincente. Há quem reclame do excesso de drama nós livros da Cassie, mas eu AMO. Se não for pra sofrer, eu nem leio, né mores? O final foi assim: desolador, de partir o coração em mil pedacinhos, mas preparou bem o terreno pra conclusão da trilogia! 

Postar um comentário

My Instagram

Copyright © Toca Geeky | Universo Geek, Lifestyle e muita criatividade!. Made with by OddThemes . Distributed by Weblyb