Champion, Marie Lu

Sinopse: "No emocionante desfecho da trilogia Legend, June ocupa uma posição privilegiada no governo e Day trocou a alcunha de criminoso mais procurado do país pela de herói nacional. Mas quando tudo parece conspirar a favor da paz, a ameaça da guerra ressurge na forma de um vírus mortal que começa a espalhar o pânico entre as colônias. Em Champion, a vida de milhares de pessoas está novamente nas mãos de June, a menina-prodígio da República. Mas salvá-las significa também enfrentar novos desafios e exigir novos sacrifícios de seu amor. O livro chega ao Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores, que relança também os dois primeiros volumes da série, Legend e Prodigy."
Resenha do livro anterior (clique aqui).

   June e Day tiveram seus destinos separados, ela de volta ao status de garota prodígio da República e Day visto como um herói do povo. Mas quando uma nova ameaça surge, vinda das colônias, eles precisam se unir e enfrentar isso juntos. O que eu achei triste foi que, depois de meses sem se ver, eles mal tiveram tempo de trabalhar na relação deles antes de o mundo ameaçar cair em suas cabeças. Não teve um diálogo emocionante, uma chance de eles matarem a saudade antes de tudo ruir. 


   Assim como em Prodigy, Champion também não foca no romance, mas na sociedade dividida e em guerra. Eu, como adoro romance, senti falta. Mas a quantidade de ação no livro também contribuiu pra que o mesmo não fosse monótono. 


   Foi um ótimo desfecho pra trilogia, de maneira geral. Deu pra entender muito melhor a política que envolvia a República e as Colônias, além dos outros países ao redor do mundo, que não são muito mencionados nos livros anteriores. A autora soube amarrar todas as pontas, todas mesmo. 


   Embora, como eu disse, não tenha tido muito romance, deu pra perceber como o relacionamento de June e Day é sólido, pois outras possibilidades amorosas surgiram e em momento algum eles pensaram em desistir um do outro. A única coisa que eu não gostei foi o final do casal, não foi o péssimo, mas foi, no mínimo, injusto. Após sofrer tanto no decorrer dos livros, June e Day mereciam um final digno., mais "feliz". 

Postar um comentário

My Instagram

Copyright © Toca Geeky | Universo Geek, Lifestyle e muita criatividade!. Made with by OddThemes . Distributed by Weblyb