Fênix, Gislaine Souza


"Dominic Turner é um lutador, assim como seus quatro amigos e ama o que faz, ou melhor, ama o dinheiro que ganha. Ele tinha apenas vinte e dois anos quando foi preso injustamente, e passou oito anos atrás de grades por causa de um engano. Ele foi acusado de matar Margareth Lewis, a mulher de Jamie Lewis, um homem influente na sociedade por causa de grandes empreendimentos. Após sair da cadeia, Dom vai atrás de justiça, mas ele não imaginava que iria encontrar os irmãos Lewis. Treinados, fortes e preparados para proteger o lado obscuro do pai. Os irmãos Lewis, Emily e Eduard foram treinados pelos melhores com a intenção de proteger os empreendimentos do seu pai, mas eles ajudam a esconder quem é de verdade Jamie Lewis, o dono da máfia que se tornou governador de Los Angeles. Emily conhece muito bem Dom e a sua gangue, mais precisamente Dominic Turner, o conhece como ninguém, assim como a irmã dele, Penélope Turner. Emily e Dom tem um passado juntos, uma curta lembrança, mas é marcante dentro deles dois. O que será que irá acontecer nessa vingança? Livro Adulto por conter cenas fortes, linguajar de baixo calão e cenas de sexo."
     Nesta nova série, a autora nos apresenta um universo completamente diferente do que vimos em Chefes Italianos, o livro começa com uma breve explicação da definição de lutas, de máfias e isso já nos dá um gostinho do que está por vir. Dominic vive com a irmã mais nova, Penélope, por quem ele se sente e é responsável há anos. Com o pouco dinheiro que ganha lutando, ele sonha em se mudar para um apartamento melhor e oferecer uma qualidade de vida maior pra irmã. Mas então ele conhece Emily, que por coincidência ou não, também é a mais nova amiga de Pen e a vida dos Turner vira do avesso. 

   Eu admiro muito autores que conseguem escrever sobre as mais diversas coisas, culturas e costumes. Gislaine provou que é capaz disso em Fênix. Deixando de lado os CEO's e se aventurando no mundo da luta clandestina, do crime, da máfia. De início achei que o romance entre Dom e Emily aconteceu rápido demais, demorou pra me convencer e eu finalmente enxergar uma química entre os dois. Mas quando aconteceu, foi sensacional.

     Logo no início do livro um determinado acontecimento faz com que o casal se separe por oito anos e tomem rumos completamente diferentes, criando até uma mágoa entre os dois. O suspense perfeito que prende o leitor desde o começo até o final do livro. Vemos personagens muito bem construídos, com vozes diferentes e personalidades fortes se desenvolvendo cada vez mais na busca pela justiça. 

      O enredo é adrenalina pura, cheio de cenas perigosas, quentes e dramáticas, o que tornou a escrita dinâmica e fez a leitura fluir rapidamente.Os personagens secundários também são bem colocados e tem seus momentos de destaque. O livro aborda temas delicados como agressão, drogas e vários outros, sendo alternado entre o ponto de vista de Dom e Emily.

     O que mais me encantou em Fênix é que, independente do contexto em que vivem, os personagens são muito reais. Então teve momentos em que eu não concordei com suas atitudes, ou quis que eles tivessem agido diferente, assim como nós mesmos fazemos no dia-a-dia. A leitura fluiu muito rápido, me adaptei sem dificuldades ao background da história, e a cada página eu torcia mais por um final feliz. Sério, o romance é muito bonito e digno de uma adaptação. Houveram reviravoltas na medida certa e o plot twist do final, aquele momento de impacto no livro, foi MUITO emocionante. 

     Logo logo eu volto, com a resenha de Round, o segundo livro da série Lutadores, que eu também já li.

Fênix (Série Lutadores #1) | Gislaine Souza | Independente | 206 Páginas | 5 Estrelas | Skoob

Postar um comentário

My Instagram

Copyright © Toca Geeky | Universo Geek, Lifestyle e muita criatividade!. Made with by OddThemes . Distributed by Weblyb