O assassinato de Roger Ackroyd, Agatha Christie


"Em uma noite de setembro, o milionário Roger Ackroyd é encontrado morto, esfaqueado com uma adaga tunisiana – objeto raro de sua coleção particular – no quarto da mansão Fernly Park na pacata vila de King’s Abbott. A morte do fidalgo industrial é a terceira de uma misteriosa sequência de crimes, iniciada com a de Ashley Ferrars, que pode ter sido causada ou por uma ingestão acidental de soníferos ou envenenamento articulado por sua esposa – esta, aliás, completa a sequência de mortes, num provável suicídio. Os três crimes em série chamam a atenção da velha Caroline Sheppard, irmã do dr. Sheppard, médico da cidade e narrador da história. Suspeitando de que haja uma relação entre as mortes, dada a proximidade de miss Ferrars com o também viúvo Roger Ackroyd, Caroline pede a ajuda do então aposentado detetive belga Hercule Poirot, que passava suas merecidas férias na vila. Ameaças, chantagens, vícios, heranças, obsessões amorosas e uma carta reveladora deixada por miss Ferrars compõem o cenário desta surpreendente trama, cujo transcorrer elenca novos suspeitos a todo instante, exigindo a habitual perspicácia do detetive Poirot em seu retorno ao mundo das investigações. O assassinato de Roger Ackroyd é um dos mais famosos romances policiais da rainha do crime."

Título: O assassinato de Roger Ackroyd | Autora: Agatha Christie | Editora: Globo Livros | Ano: 2014 (edição que eu li) | Páginas: 312 | Nota: 5/5 | Skoob 

  Não sei vocês, mas nunca fui muito fã de livros de suspense, crimes e investigação, mas estabeleci uma meta pra ler mais suspense no próximo ano e já resolvi começar agora mesmo, e quem melhor que a rainha do crime, Agatha Christie, pra me dar as boas vindas? O assassinato de Roger Ackroyd, quarto livro da autora, foi escrito em 1926 e traz Hercule Poirot, personagem lendário da autora, na ponta da investigação. 

  Narrado sob ponto de vista do Dr. Sheppard, amigo do falecido Roger e peça fundamental na trama toda, o livro me prendeu desde o primeiro momento. Sheppard acaba se tornando uma espécie de parceiro de Poirot, que utiliza de uma mistura de dedução e análise sistemática nas investigações. Várias informações a cerca do caso "apontam" para um possível suspeito, mas conforme o decorrer das páginas vários outros pequenos elementos movem a trama, tornando a tarefa de descobrir o assassino, praticamente impossível ao leitor.

 Esta foi minha primeira leitura da autora, embora eu já tenha tentado antes, mas sua escrita e genialidade são encantadoras, me deixaram apaixonada desde o princípio. No entanto, Poirot foi uma novidade problemática pra mim: apesar de ótimo no que faz, o mesmo tem uma espécie de "Rei na barriga". Talvez eu tenha pego o bonde andando mesmo, pois Poirot já resolveu outros casos antes de Roger Ackroyd, os quais fizeram sua fama, mas a forma como ele fala de si mesmo é, no mínimo, irritante. O cara se acha um Deus da investigação, não que ele não seja, mas a falta de humildade é um pouco intragável.

  Minha falta de experiência com o gênero também foi outro fator frustrante: não estou acostumada a ler investigações e suspenses. Alguns elementos pequenos alimentavam grandes questões por trás do assassinato, outros serviram apenas para confundir o leitor, mas toda vez que Poirot e Dr. Sheppard chegavam "perto" de uma conclusão, encontravam algo que os levavam de volta ao ponto de partida. Sofri, me agoniei, mas foi uma experiência incrível. Leria novamente mil vezes.

  Não há muito o que possa ser dito sobre o final sem deixar spoilers, o que eu não farei. Direi apenas que adivinhei o assassino, no entanto não me decepcionei em momento algum. Era apenas um palpite meu, sem muito fundamento e que, quando explicado, me surpreendeu muito. A forma como ela ligou todos os pontos é que foi fenomenal, o que a faz realmente digna do título de "Rainha do Crime".

6 comentários :

  1. Sou muito fã de livros de suspense, policiais, foi um dos gêneros que me viciaram na leitura, junto com fantasia. Agatha é rainha, me propus a ler todos os livros dela, já li todos com Miss Marple e agora estou lendo os com Poirot, mas esse eu não li ainda. De todos que eu li o meu preferido é E não sobrou nenhum, super recomendo.

    Essas cortinas de fumaças são muito utilizadas pela Agatha, muitas pistas e mistérios secundários, o que acaba dificultando o leitor descobrir o assassino, mas o que gosto nos livros dela é que os investigadores não aparecem com uma pista do nada, tudo que eles sabem o leitor também, mas a diferença é em como percebemos essas informações.

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu ainda não li nenhum livro da autora, mas pelo que leio sobre as resenhas dos livros dela, todos são ótimos.
    tenho muito interesse de ler algum dia, pois adoro suspense, investigação e por isso já anotei sua dica. Ótima resenha, parabéns, bom fim de domingo.

    ResponderExcluir
  3. Ei! Tudo bem?

    Eu já sou o seu inverso, sou apaixonada em suspense e é meu segundo gênero favorito. Por isso muitas pessoas querem me bater, porque apesar de amar o gênero não sou fã do Poirot haha
    Que bom que apesar de tudo você gostou e conseguiu adivinhar o assassino, essa é a melhor parte :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Diferente de você eu amo livros de suspense. E o motivo que eu gosto é justamente a hora de ligar os pontos já que o suspense em si não é difícil de resolver. Então amei a premissa do livro e com certeza vou ler ele.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  5. Vc suspeitou do culpado, mas não poderia provar nada sozinha! hahahaha
    Agatha é raina, minha autora favorita e sobre Poirot... o cara já tem idade e gastou a vida sendo muito bom, ele pode se achar nesse nível da vida dele hahahaha
    Mas acredite, ele já errou e se culpou e por isso aprendeu a ser perfeito, pq se ele erra, vidas pagam, e isso é sérissimo.
    Leia mais livros da autora que vc vai conhecendo mais o personagem.
    Eu estou relendo da ordem de lançamento, tem um post no blog com a sequencia se vc se interessar ;)

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    Eu amo esse gênero literário, mas as vezes me sinto uma poser por nunca ler nada do Agatha kkk

    Adorei sua resenha, não conhecia esse livro, mas voou lembrar desta dica.

    Beijos

    ResponderExcluir

My Instagram

Copyright © Toca Geeky | Universo Geek, Lifestyle e muita criatividade!. Made with by OddThemes . Distributed by Weblyb