Dica de filme: A sociedade literária e a Torta de casca de batata

by - segunda-feira, setembro 10, 2018

Foto: Reprodução
    "Juliet Ashton (Lily James) é uma escritora na Londres de 1946 que decide visitar Guernsey, uma das Ilhas do Canal invadidas pela Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, depois que ela recebe uma carta de um fazendeiro contando sobre como um clube do livro local foi fundado durante a guerra. Lá ela constrói profundos relacionamentos com os moradores da ilha e decide escrever um livro sobre as experiências deles na guerra."

Título original: The Guernsey Literary And Potato Peel Pie Society | Direção: Mike Newell | Gênero: Drama, Histórico | Duração: 2h e 04min | Lançamento: 10 de Agosto de 2018 | Nota: 4/5 | Disponível na Netflix 

   Juliet é uma escritora solitária em Londres e está passando por uma espécie de bloqueio criativo e se sentindo pouco reconhecida pelo seu trabalho, mas ao receber uma carta de um morador da Ilha de Guernsey que encontrou seu endereço por acaso, ela acaba conhecendo A Sociedade literária e a torta de casca de batata, cuja história a deixa inspirada para escrever um possível artigo para o The Times. Portanto Juliet acaba viajando para a tal Ilha a fim de conhecer os membros da sociedade e descobrir mais sobre como os livros salvaram a vida daquelas pessoas em meio a ocupação Alemã durante a Guerra. 

   O roteiro, baseado no livro de Mary Ann Shaffer e Annie Barrows, se passa em 1946, quando terminada a guerra os poucos habitantes de Guernsey tentam retomar suas vidas e superar as perdas de entes queridos. Como não li o livro, não esperava um drama histórico tão carregado de traumas e emoções, não, mas me senti presa à história desde o início. A sociedade literária e a torta de casca de batata foi uma válvula de escape que o grupo de moradores da Ilha encontrou para sobreviverem à ocupação alemã, porém o clube de nome improvisado acabou brotando naquelas pessoas o amor pela literatura e em todos os encontros eles serviam a Torta de casca de batata, cujo gosto horrível precisava ser aliviado com uma bebida bem forte. 

  
    Quando Juliet participa do primeiro encontro junto da Sociedade, acaba percebendo que existem outras histórias que precisam de um desfecho, peças perdidas que não se encaixam e acabam envolvendo-a em uma árdua pesquisa. Neste momento o filme começa a se desenrolar, porém com alguns pequenos problemas. A questão literária foi pouco aprofundada, tanto dos livros citados nos encontros, quando da própria Juliet como escritora... O drama traz mais preocupações com flashbacks da Guerra, conflitos entre os personagens e a construção de um relacionamento. Outro ponto é que o filme é extremamente longo, contendo cenas que poderiam facilmente ser cortadas para torná-lo mais objetivo, contudo nada disso atrapalhou minha experiência. 

    A sociedade literária e a torta de casca de batata é emocionante do começo ao fim - embora este tenha sido um pouco previsível, como na maioria dos romances. A maneira como o clube de leitura mudou a vida daquelas pessoas, equilibrada com personagens bem construídos e encantadores foi impressionante de se ver. Uma história de perseverança. E embora eu não entenda muito de cinema, devo dizer que a fotografia do filme, a atuação excelente, o cenário bem explorado e as vestimentas apaixonantes da época foram pontos muito positivos. Uma obra para os amantes de literatura e de história! 

You May Also Like

19 comentários

  1. Tudo bem? Desde que saiu na netflix estou doida para assistir e meu filho anda me perturbando. Mas estava terminando algumas séries e leituras.. Essa semana pretendo assistir.
    Eu não li o livro, apesar de ter muita vontade.
    Apesar da previsibilidade que sei que existe também na maioria dos romances, estou bem curiosa para conferir este filme. Bom saber suas impressões para estar ciente do que esperar.
    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Adorei o filme e o desfecho dele. A Netflix ta investido e ganhando o amor do mundo literário.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Todos os filmes que assisti com a Lily, eu gostei, é uma atriz e tanto, muito talentosa. Assim que vi o banner desse filme no Netflix, fiquei bastante curiosa, ainda não tive tempo de assistir, mas pretendo fazê-lo. Não sabia que era baseado num livro, foi uma excelente surpresa.

    Beijos,
    oculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. nunca tinha ouvido falar e tbm nunca vi no catálogo da netflix
    parece ser muito bom, fiquei com muita vontade e assim que for possível eu vou assistir
    vlw a inidcação

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu comecei a assistir o filme esse fim de semana, mas não consegui terminar e preciso concluir. Estava gostando bastante, mas o sono foi maior hahahaha.
    É uma romance leve, clichê, mas amorzinho. Não li a obra, nem conhecia, mas quem sabe não dê uma chance. =D

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Oiiieee

    Esse tipo de romance, acho que é normla a gente meio que deduzir o final conforme as coisas vão acontecendo mas o que importa mesmo quando é filme, pra mim, é o quanto a história consegue cativar e emocionar e pelo visto A Sociedade Literária e a torta de casca de batata tem isso, o sentimento que fica evidente para o expectador. Eu quero conferir com certeza.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Gente, que incrível, um filme sobre livros, é isso mesmo?! Hahahaha. Não conhecia esse filme ainda, mas agora, depois de ver tua dica, estou doida para assistir. Parece mesmo ser bastante emocionante.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Olá... tudo bem?

    Que linda Resenha, não conhecia esse filme, mas adoro histórias emocionantes e que envolvam a literatura mesmo que de forma não tanto aprofundada. O único problema é que eu tenho algumas ressalvas com histórias que envolvem guerras. Mas...


    Beijao

    ResponderExcluir
  9. Oi, como vai? Eu vi a divulgação desse filme pela netflix mas, não imaginava que a história seria tão interessante! Vejam só uma mulher escritora, viajando sozinha naquela época deveria ser um escândalo. Eu particularmente, amo filmes e séries que falam sobre os livros, principalmente aqueles que dão muita enfase a importância deles, não importa qual seja a época e por isso, fiquei interessada na sua resenha quando vi o título para logo depois, ficar muito chateada com o fato dos livros não terem sido explorados no filme, mesmo assim, acredito que darei uma chance para ele em breve.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  10. Este filme está sendo muito bem recomendado para mim e eu espero poder assistir logo, ele e alguns outros que entrou na netflix e eu ainda não assisti, mas obrigada pela dica, com certeza eu irei assistir, quem sabe esse final de semana mesmo né?!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Ah adorei a crítica do filme! Tem o livro dele né?! Sempre prefiro fazer a leitura primeiro para depois ver o filme. E pelo seus comentários bons, acho que irei curtir muito. Ótimas palavras!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Que coincidência, ontem eu estava passando pelos canais e encontrei esse filme, mas estava para começar um que eu queria muito ver e acabei não ficando nesse. Agora me arrependi, o filme tinha começado fazia só dez minutos, dava pra eu ter visto. Adorei a sua dica, agora vou procurar para ver porque me parece mesmo ser bem emocionante e gosto muito de filmes com esse estilo.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Eu tenho visto esse filme na Netflix há algum tempo já, mas sempre acabo assistindo outra coisa. Bem, posso dizer que agora, depois da sua resenha, quando tiver um tempinho irei me aventurar nele. Não sabia que é baseado em um livro, mas mesmo assim, eu espero que seja uma experiência tão boa pra mim quanto foi pra você.
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Já tinham me indicado esse filme, e agora estou muito mais animada para assistir! Curto bastante enredos passados neste período de pós-guerra e, para mim, quanto mais traumas e emoções na história, melhor. Pena que achou que algumas coisas poderiam ter sido cortadas, não curto nem um pouco quando tenho essa sensação.

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Esse filme é realmente muito lindo. Eu assisti recentemente e me encantei com a sensibilidade da trama. Apesar de ser um tanto previsível, é bonito ver a relação de todos aqueles personagens, a amizade e a força deles. Só discordo de você em relação ao fato de ser um filme longo. Eu senti o contrário na verdade; nem vi o tempo passar enquanto assistia.
    De qualquer forma, é uma ótima indicação. Gostei bastante do filme e agora estou curiosa para ler o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Ultimamente ando vendo bem poucos filmes, dramas e romances então quase nenhum. Porém achei interessante essa ligação com a literatura e história.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  17. aaah, amo literatura e história... não tinha visto esse filme ainda mas já vou pegar um tempinho pra assistir...
    ainda mais por ter algo no período da Segunda Guerra...
    dica anotada...
    bjs...

    ResponderExcluir
  18. Quero muito assistir este filme por se tratar de uma sociedade que se formou pós-guerra e com traumas a serem elaborados, também pelo fato de ser uma sociedade literária.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Todos que assistiram esse filme disseram que ele é extremamente emocionante e interessante. Eu confesso que o título me preocupa um pouco, acho confuso e gigante, no entanto, o tema e a época em que ele passa é bem interesse, além disso, é muito interessante ele ter uma grande carga histórica.
    Adorei sua resenha e vou tentar assistir.
    Beijos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.