BEDA 17 | Lady Whistledown Contra-ataca

Foto: Em cada página

"Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown Contra-Ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. Quem roubou o bracelete de lady Neeley? Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime." 


Título: Lady Whistledown Contra-ataca | Autoras: Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan | Editora: Arqueiro | Nota: 5/5 | Ano: 2018 | Páginas: 352 | Skoob | Compre aqui | Livro recebido em parceria com a editora para divulgação


   Contos não são o meu forte, confesso, evito ao máximo de ler antologias assim com várias histórias. Pois quando estou me apegando à uma, ela acaba e começa outra e eu preciso conhecer outros personagens, outro enredo e por aí vai. Porém com Lady Whistledown Contra-ataca não tive este problema. Julia Quinn reuniu outras três romancistas para nos deliciar com histórias da sociedade londrina e não poderia ter trazido de volta personagem melhor que a misteriosíssima Lady Whistledown, conhecida por sua coluna repleta de escândalos.

   O interessante do livro é que todos os quatro contos se desenvolvem à partir de um evento em comum: o desaparecimento da pulseira de Lady Neeley, os personagens de todos os contos interagem entre si em alguns encontros e vemos uma ou duas cenas repetidas, porém de perspectivas diferentes. 

   O primeiro conto, O primeiro beijo, de Julia Quinn foi o que - pasmem - eu menos gostei. Achei o enredo bem fraco e os personagens não tinham muita química. Mais parecia um romance bobo adolescente que acabou dando certo. Foi uma história ok, não foi ruim, mas eu definitivamente esperava mais. Lady Mathilda, na minha opinião, é bem sem graça comparada às outras personagens, mas de Peter eu gostei. Se fosse avaliar o conto isoladamente daria uma nota 3/5.

   O segundo conto, no entanto, chamou muito a minha intenção. A última tentação, de Mia Ryan, deveria ter o nome do primeiro conto, que combinaria muito mais (quem leu talvez entenda). Isabella e Roxbury me encantaram com sua química e suas personalidades fora do comum e nada tediosas. Fiquei encantada pela mocinha e suas peculiaridades, a forma como não se deixa abalar facilmente e levanta a cabeça diante dos problemas, sonhando com sua independência. E o fato de se tratar de uma época onde uma mulher independente não era vista com bons olhos, Roxbury apoiando-a foi demais pra mim. Sem dúvidas meu preferido. 

   Em O melhor dos dois mundos, Suzanne Enoch nos presenteia com aquele drama que só o romance proibido tem. Charlotte tem sonhado acordada - e dormindo também - com Lorde Matson, mas seus pais não aprovam e querem que ela se case de todo jeito com o sem graça Herbet. A escrita da autora é empolgante, apesar de ser um conto rápido e de poucas páginas, tem espaço para algumas reviravoltas e intrigas que preparam um terreno para um final surpreendente e ousado, adorei. Fiquei curiosa para conhecer livros da autora. 

    O último conto no entanto, tem um enredo que me lembrou (e me deixou com vontade de reler) A promessa da Rosa de Babi A. Sette, romance de época nacional, quem já leu vai entender - ou não. A força que atrai Sophia e Max é algo que eu não sei bem como descrever, a relação deles é de amor e ódio e muita mágoa, mas gostei muito do desenrolar dos fatos. Sophia é encantadora, Max me conquistou de primeira, não tinha outra saída senão me apaixonar pela história. 

    Concluo que devo começar Nada escapa a Lady Whistledown imediatamente!
   
  Nota: Já faz alguns dias que estou sem celular e devido à isso a maioria dos posts recentes contém fotos não-autorais (todas creditadas). O meu está no concerto, mas em breve vocês verão fotos minhas por aqui novamente (embora as fotos dos blogs amigos sejam lindas, né?).

19 comentários :

  1. Faz tanto tempo que não leio nada dessa autora.
    Preciso retomar as minhas leituras de época, pois adorava o gênero. Mesmo não tendo costume de ler contos, daria uma chance pra essa leitura sim =D


    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei ler romances de época e não parei nunca mais kkk Se der uma chance me conta depois o que achou!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem? Eu não costumo ler tantos livros do gênero.. Mas alguns me chamam bastante atenção ao visitar blogs e ver as opiniões dos meus colegas.
    Eu juro que preciso de uma vida extra para conseguir ler tudo que tenho vontade. Agora que voltei para a Universidade, estou mais louca ainda. Porém já venho pensando em fazer aqueles esquemas de leitura sabe? Em geral, isso nunca funcionou para mim, porém como agora preciso organizar melhor o meu tempo, com a universidade tem dado certo. Espero que dê com as leituras também.

    Falando da sua leitura em si, eu curto um bom drama, só assim para eu curtir o romance que vem junto. Pois raramente leio romances, são poucos mesmo!
    Ao contrário de você, eu já curto contos. E não tenho problemas com antologias, acho até engraçado, recentemente li uma na qual apenas um único autor me agradou, os demais achei medíocre os textos.. Mas deixa quieto. Foi uma leitura fora blogs e etc.. Apenas por curiosidade mesmo.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. karini ultimamente o mesmo tem acontecido comigo, por ser último ano da faculdade, TCC estágios e mil trabalhos pra entregar. Mas por enquanto ainda tô conseguindo ler, talvez daqui pro final do ano minhas leituras diminuam, mas tô tentando manter o jogo de cintura!

      Excluir
  4. Oi Taísa, eu não leio muito contos, apesar de gostar bastante, mas este, como são só 4, são um pouco maiores, eu imagino, com mais detalhes. Nunca li nada da Julia Quinn e tenho vergonha de dizer isso. Gostei muito da tua resenha e já estou com este livro na minha lista de desejados.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivi, espero que possa ler em breve e que goste. Parecem maiores, mas são bem rápidos e a leitura flui bem fácil. Dá pra ler em um dia só, questão de horas mesmo kkk

      Excluir
  5. Oi, tudo bem? Partilho um pouco desse seu sentimento de ler contos: quando estou me apegando, ele acaba. Mas também tem o outro lado: dá pra lê-los rapidinho e, geralmente, eles são mais redondinhos, sem que a gente "se esforce" tanto como em leituras de romances. O gênero não é o meu preferido, não sou muito de romances de época, evito bastante, e não leria essa antologia. Mas fiquei curiosa para ler o segundo, acho que, como você, eu gostaria dele por tratar da independência feminina.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, eu torcia muito o nariz pra romance de época viu? Se um dia vc tiver uma oportunidade de ler, tenta, vai que acaba gostando. Mesmo se ler a segunda (que na minha opinião é bem melhor).

      Excluir
  6. Eu também venho evitado contos tem um tempinho, mas aos meus olhos esse livro é mais para divulgar outras autoras que não conhecemos, sabe? Dessa galera toda eu só conhecia a Julia, por exemplo, desse modo, se a gente lê o conto e acaba gostando, acaba indo procurar mais projetos das demais autoras. Essa edição é linda demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi bem o que eu pensei mesmo! Inclusive fiquei muito interessada nos livros da Suzanne Enoch, fui procurar e a mulher tem vários, mas bem poucos publicados aqui... Bem que a Arqueiro podia trazer pro Brasil!

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro há um tempinho e concordo muito com você. Eu tive um certo receio antes de começar,justamente porque não sou fã de antologias. Acho contos muito curtinhos e sempre fico com uma sensação de que faltou desenvolvimento ou que queria mais da história. No entanto, isso não aconteceu nesse livro e eu gostei muito da leitura. Gostei de todos os contos, mas o meu favorito foi o último, pois achei a relação do casal maravilhosa.
    Adorei sua resenha e quero ler sua resenha sobre Nada escapa à Lady Whistledown depois.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, o último foi bem legal mesmo, mas não consigo gostar TANTO quanto gostei do segundo!

      Excluir
  8. Olá,

    Faz tempo que não leio um livro de romance de época. O último que li foi da Julia, que se não falha a memória foi o terceiro da série Os Bridgertons. Gostei bastante, mas estou esperando ter um longo tempo de folga para terminar tudo e pegar os contos.
    Sou apaixonada por contos, porque contam os fatos sem muito rodeios e floreios e isso mostra a capacidade de sintetizar algumas coisas que nem em mil linhas conseguem.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Eu amo demais esse gênero e estou com a maior vontade de ler esse livro. Eu adorei a sua resenha e poder conhecer um pouco mais sobre a trama. Eu tenho certeza que quando eu for ler eu também vou me apaixonar.

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Julia Quinn é uma das minhas autoras favoritas de romances de época, e passei a gostar muito da Suzanne Enoch também. Quando vi essa antologia fiquei bem curiosa de ler, e depois de seus comentários sobre acerca de todos, fiquei mais instigada. Também não me dou bem com antologia, mas darei chance a esse. Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Como você contos e antologias não são meu forte, mas confesso que fiquei com vontade ler este livro, mais pelos dois últimos contos que você apresentou.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  12. Ola... é tão bom quando lemos algo que comumente não gostamos, mas que nos surpreende dessa forma. Adorei sua resenha. A achei muito bem escrita e bem completa.

    Assim como você, não sou muito de ler contos e também estou meio saturada de romances de época, mas mais pra frente pretendo ler essa obra com certeza.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Este tipo de livro não é muito forte, tenho um certo problema com contos e antologias. Mas fiquei curiosa com este, talvez eu de aos poucos chance para o gênero e goste.
    Goste da sua opinião.

    Beijos!

    ResponderExcluir

My Instagram

Copyright © Toca Geeky | Universo Geek, Lifestyle e muita criatividade!. Made with by OddThemes . Distributed by Weblyb